terça-feira, 31 março 2020

CESAM e materiais

Recebemos no dia 2 de março o investigador do Centro Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) Matheus Miranda.
Em ambiente informal falou para os alunos do 8ºano do seu percurso enquanto investigador em Biotecnologia, desde que era um jovem estudante até à sua chegada à Europa. Falou-se sobretudo de biomateriais e nanomateriais.
O Dr. Matheus Miranda passou uma mensagem muito positiva de que nunca devemos desistir dos nossos sonhos, e que esperamos tenha sido inspiradora para os nossos alunos.
 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Decorreu a 5 de março a ação direcionada ao 9.º ano sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, dinamizada pela representante da AMI, Judite Baptista.
Nela foi possível perceber melhor o que é uma ONG, e permitiu perceber como criar projetos de promoção da educação, assistência alimentar, educativa, sanitária, geração de rendimento próprio, educação para o desenvolvimento, desenvolvimento humano e ajuda humanitária e de emergência.
Ficou o desafio, que irá ser reforçado nas aulas, para alguma iniciativa e/ou projeto que os alunos queiram desenvolver, “pois é na nossa rua que podemos ser voluntários…”
Os alunos fizeram um balanço positivo da palestra, ilustrativa do que haviam falado nas aulas.

Visita virtual ao ZOO

Na tarde de dia 6 de março fizemos uma visita ao Jardim Zoológico de Lisboa, um dos parceiros Escola Azul. Não foi uma visita tradicional mas sim virtual.
Acompanhados de um monitor do Zoo conhecemos alguns dos mais de 2000 animais de 300 espécies diferentes, que fazem do Jardim Zoológico o local perfeito para uma aula de Educação Ambiental para a Sustentabilidade.
Durante a sessão de 30 minutos intitulada "À descoberta da biodiversidade", foi dada uma aula ao vivo junto das instalações de algumas espécies que habitam no Zoo.

Woodwatch (fev2020)

Decorreu na tarde de dia 20 de fevereiro a ação de sensibilização para a importância das florestas. Durante a caminhada das turmas 5ºA e 6ºB na Mata Nacional das Dunas da Gafanha, foi possível identificar várias espécies autóctones e compreender o efeito precioso que a floresta tem nas alterações climáticas. Foram também identificados alguns dos sinais de fragilidade de algumas árvores.
Foram momentos de contacto com a natureza, que nos ajudaram a perceber que nem todos estamos habituados ao silêncio...