sábado, 16 fevereiro 2019

AEGE convida a ser mais amigo do ambiente

No dia em que a escola esteve aberta à comunidade preparou-se a primeira eco-mostra com a bandeira: AEGE convida a ser mais amigo do ambiente. Assim, toda a comunidade foi convidada a conhecer alguns dos trabalhos realizados pelos alunos do agrupamento no ano letivo anterior, no âmbito do programa eco-escolas. A abrir, a campanha realizada pela Escola Básica da Costa Nova junto dos bares e apoios de praia, a exposição para conhecer vários tipos de palhinhas reutilizáveis, passando pelo kit pessoal mais sustentável, do qual faziam parte escovas de dentes de bambu. Aconselhamos a ter cuidados acrescidos na seleção dos produtos de higiene, dado que podem induzir o utilizador em erro, pois o que não vai para o lixo acaba no mar... desafiamos a repensar a utilização de cremes esfoliantes (que podem conter microplásticos), de cotonetes e toalhitas. Tudo no sentido de que possamos fazer opções diárias mais sustentáveis, menos agressivas para o ambiente e que passam por usar menos plástico. Comecemos neste novo ano letivo por repensar as nossas atitudes e recusar o excesso de plástico na nossa vida. Todos os dias um bocadinho, vai ver que é possível.

     

 

AEGE e Green Cork

O AEGE juntou-se à Campanha Green Cork Escolas 2017/2018, um programa que aposta na parceria com a comunidade escolar na promoção de iniciativas ambientais mais conscientes e responsáveis pela preservação e respeito à natureza. O programa Green Cork Escolas, visando a promoção da sustentabilidade divulga a cortiça (material proveniente da casca do sobreiro) como material totalmente reciclável e reutilizável. Deste modo, além de continuarmos a incentivar a separação dos resíduos, procurando reduzir a quantidade encaminhada para aterros ou incineração, contribuímos para  a plantação de espécies autóctones através do retorno da recolha de rolhas que permite o financiamento de iniciativas apoiadas pelo projeto Floresta Comum.

 


 

EcoEscovão

Uma turma da Escola Básica da Gafanha da Encarnação Sul fez recolha de vários materiais, inclusivé de escovas de dentes, terminando um eco-escovão muito original.